Menu principal

12 abril, 2011

O Brasil é a bola da vez. Sério?

Por Rodrigo Lobato.

"O Brasil é a bola da vez".


Tá todo mundo falando sobre isso. Confesso que às vezes até irrita. Irrita porque seguem dizendo que o Brasil cresce e empresas de todo mundo querem investir aqui, mas só vejo o preço do meu almoço aumentar. 
Vou no cinema e deixo uma fortuna. Pago 10 reais numa pipoca que vem murcha e fria. Até o álcool do carro, que aliviava no pagamento de contas no final do mês, tem custo similar ao da gasolina. Quase precisam derrubar uma árvore para conseguir imprimir tantos papéis para minha conta de celular (obrigado, Anatel). 

E a qualidade de vida do brasileiro cai. A economia cresce, a qualidade de vida cai. 

Tudo bem. Muitas pessoas vêm tendo oportunidades no mercado de trabalho e saem da pobreza todo dia. Mas vão bater de frente com os 9 milhões de carros da cidade de São Paulo, com a "suvaqueira" no transporte público, precoce, fraco, sem ventilação e super lotado; estradas esburacadas e caras...; com as filas que dão voltas para receber um serviço mal prestado pelo qual você paga (e muito); com as caras tristes (e esperançosas) que vemos no metrô e nas ruas, marcadas por uma vida de luta, quando devia ser uma vida de sorrisos.

O Brasil é a bola da vez? O Brasil de amanhã ou o de hoje?

Vamos falar sobre hoje! Não dá pra ficar vivendo o futuro. O que adianta seguir com este pensamento de deixar um mundo melhor para nossos filhos. Quero um mundo melhor para mim, para meus filhos, para os seus e para todo o ser humano.

Isso é o mínimo que merecemos destes políticos que só pensam no bolso deles.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...