Menu principal

25 maio, 2010

Os princípios de uma gestão que “cutuca” a onça com vara comprida: AB INBEV

Foco em resultados. Este é o princípio básico do estilo “AB INBEV” de gerar receita.

Imagine que você foi contratado para cutucar uma onça e poderá escolher entre dois tipos de varas: a curta e a comprida. A curta com certeza te trará mais prazer, já que seus hormônios vão subir à tona e o medo será o protagonista da cena. Isto é, claro, se você não for comido pelo felino. A longa cutucará do mesmo jeito, com menos emoção, porém, com menos riscos.
Ao contratar pessoas consideradas excelentes, exigir resultados com simplicidade e nomear todos os funcionários ao cargo de donos da empresa, a AB INBEV motiva seus trabalhadores através de um estilo considerado por alguns, sóbrio e frio, e por outros, revolucionador e fervente.

Alguns dos critérios adotados pela gestão:
  1. Sonhar Grande requer a mesma energia que sonhar pequeno. Sonhamos grande para sermos do tamanho do nosso sonho.
  2. Pessoas excelentes gostam de meritocracia, informalidade e sinceridade. Além do mais, este tipo de pessoa atrai outras semelhantes, embora o inverso também seja verdade.
  3. Todos os líderes da organização precisam ter tempo disponível para atrair, desenvolver e motivar pessoas. Essa é uma responsabilidade que eles não delegam.
  4. Constante insatisfação com os resultados obtidos motiva o progresso de ascensão da marca frente às concorrentes e ao mercado.
  5. É melhor executar bem poucas coisas do que realizar mal muitas.
  6. Não perdemos tempo tentando reinventar o que já existe; copiamos o que há de melhor
  7. Todos são donos da empresa. E cada dono assume a responsabilidade pelos resultados.
  8. Bom senso e simplicidade são melhores que complexidade e sofisticação.
  9. Somos uma empresa voltada para as vendas e é essencial que estas nunca parem de crescer. Para tanto, o consumidor deve ser visto como rei.
  10. Atalhos e má-fé corroem uma empresa por dentro e a destroem


Ao ler o artigo publicado na edição de Maio-Junho de 2010 na revista HSMManagement, “Sonhos-Pessoas-Cultura: os 10 princípios de gestão da AB INBEV”, fica interminavelmente notório o uso da palavra “resultados” inúmeras vezes ao longo do artigo. Entretanto, percebe-se falta de foco na preocupação com o bem-estar e com a vida pessoal dos seus funcionários, bem como com a qualidade do serviço prestado e de seus produtos.
Conheci algumas pessoas que trabalharam na Ambev e alegaram que a pressão é muito forte. No entanto, segundo eles, depois de trabalhar ali qualquer outra empresa parece um “parquinho de diversões”.
Ainda que efetivamente todos possam ver os resultados obtidos com esta maneira de gerir pessoas, acredito que nenhuma das duas formas de cutucar a onça é correta. Não é o tamanho do pedaço de madeira que vai te trazer proteção, a forma de cutucar ou quão longe você se encontra do predador, mas sim o fato do animal não poder te atacar. Seja prendendo-o dentro de uma jaula ou usando uma focinheira.

*Artigo baseado na reportagem da revista HSMManagement,edição de Maio-Junho de 2010, “Sonhos-Pessoas-Cultura: os 10 princípios de gestão da AB INBEV”



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...